Já acabou a quarentena?

13 de novembro de 2020 /

Já acabou a quarentena?

No decorrer do ano fizemos alguns posts sobre a pandemia, chegamos em Novembro de 2020…SP continua na quarentena iniciada em Março por conta do COVID19!

Mas assim como está ocorrendo flexibilização na cidade, os condomínios também tem acompanhado esse ritmo e flexibilizado a utilização das áreas comuns. Se por um lado ainda existe o medo da contaminação, por outro existem moradores cansados das restrições dos espaços de lazer e do enclausuramento.

Alguns empreendimentos já normalizaram suas rotinas mais que outros, mas certamente todos os síndicos estão preocupados em fazer a melhor gestão possível para sua comunidade a fim de preservar a saúde, o financeiro e o bem estar de seus condôminos e moradores. O síndico está sendo encarregado de conciliar as expectativas de todos, as leis e exigências externas e a saúde, tanto dos moradores quanto dos funcionários. O desafio é diário e ainda sem data para terminar.

Uma das maiores dificuldades, as reformas, já foi superado na maior parte dos condomínios. Todos estão entendendo que o home office permanece firme e forte e será necessário tolerar a obra do vizinho durante a aula ou o expediente mesmo!

E ainda que no seu condomínio a piscina, a churrasqueira ou a quadra estejam interditados ou não esteja com todas as áreas liberadas, não desanime, pois cada condomínio é um universo e deve ser tratado como tal, com o objetivo de melhor atender as necessidades da comunidade como um todo. Isso tudo vai acabar e poderemos voltar a usufruir de tudo que o condomínio e a vida nos oferecem. Mas neste momento é hora de apoiar as decisões do síndico e contribuir para um local mais seguro.

Vale lembrar que o governo impôs regras e orientações sobre a realização de aglomerações e contato social e que por mais que o condomínio queira retomar suas atividades normalmente, é preciso ter atenção e respeito a estas regras. O que em muitos casos é difícil assegurar o cumprimento em se tratando de um grupo de pessoas que pensam e enxergam toda a situação de forma diferente entre si e por isso se faz necessário que o síndico seja líder e ajude o condomínio no cumprimento desses deveres.

E você, síndico, busque alternativas e soluções criativas e viáveis para ajudar os moradores do seu condomínio a terem dias mais leves e tranquilos, busque ideias em outros condomínios, dê votos de confiança as pessoas, não tenho medo de errar. Mas tente acertar sempre e seja responsável.


Joyce Fernandes

Síndica Profissional desde 2015 – Formada pela Assosindicos 
Apaixonada por desafios e autoconhecimento
“Dispenso o que não me desafia e não me faz crescer.”

Comentários

Nenhum comentário

Deixe o seu comentário!

1  +  1  =